sábado, 9 de maio de 2009

Estarei

(Esse texto foi escrito pra mim
pela pessoa que eu sinto
pela primeira e única vez;
O amor.)

Há um fatasma andando pela rua
E eu quero fugir de tudo aquilo
Há um fantasma na minha cama, e eu estou sozinho agora
Eu conheci todos os hotéis, eu conheci todo o inferno
Não há nada que eu não tenha feito
Não há ninguém que eu não tenha tido

E eu me conheço bem, e o diabo fala comigo
E ele me teve dizendo que eu estou tão vazio
Eu apenas disse "Me desculpe você nunca fará isso de novo"

E eu vivo numa caixa
E eu morro neste buraco
E você segura as chaves para a cela
E eu não quero ir
Mas não posso ficar, e não depende de mim
Depende de você

E em todas as festas de amanhã, eu não estarei em nenhuma
E quando você começar a sentir minha falta
Eu pegarei minha arma
É dia dos Namorados de novo, e não há nada aqui pra mim

Você estaria lá quando as luzes se apagarem?
Você estaria lá quando o teto desabasse?
Você estaria lá quando o Diabo viesse para mim?
Você estaria lá quando as luzes fossem negras e vazias?
Você estaria lá quando o Diabo me levasse para debaixo da terra?

Você estaria lá quando a noite, permanecesse noite por todo o ano?
Você estaria lá no gelo e no frio e se congelaria?
Você estaria aqui em qualquer momento
Quando eu estivesse ajoelhado?

[It's not the side-effects of the cocaine
I'm thinking that it must be love] Oh yeah! It's right!

Nenhum comentário:

Postar um comentário