segunda-feira, 22 de junho de 2009

Plataforma

Rowe: cheguei em casa quase agora, e foi uma sensação tão estranha, parece que me acostumei com a vida em dois, sair com vc, dividir um box de cigarro com vc, ja estava me acostumando, parece que voltei incompleto.

Carlos, definitivamente eu te amo, com todas minhas forças e quero que vc fique comigo pra sempre... Beijo meu amor!

Molko: essa madrugada eu vi e senti coisas que nunca haviam acontecido antes... não consegui dormir na viagem, fiquei olhando pela janela e observei que a lua estava aparecendo exatamente pela metade, um dos lados num tom dourado e o outro difuso na escuridão... engraçado, foi uma representação perfeita de como estava o meu eu. sabe, não era necessário eu ir até aí para constatar ou confirmar qualquer coisa, aliás essa não foi a intenção, porque desde o segundo em que eu peguei um telefone, desesperado pelo seu medo, louco pelos meus planos, dominado de forma única pela minha alma, chorando e disse: "eu te amo.", eu já estava absolutamente convencido de que você é o amor da minha vida, e que eu não irei medir esforços para ficarmos juntos pra sempre. amor, nós fomos escolhidos à dedo pra sermos felizes, seja lá por quem for, a maioria das pessoas apenas viverão e jamais encontrarão a outra parte.

Felipe, eu te amo com todas as minhas forças, meu amor, meu namorado, meu homem, minha vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário