segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Deuses

Estou confuso. Sexo já não me satisfaz, beijos também não. Indago-me porquê pensar é sofrer, e porquê sofrer é inútil. Será mesmo que ele não me ama? Será mesmo que eu não signifiquei nada de tão importante, a ponto dele não me desejar mais? Essas são perguntas que serão respondidas em janeiro, isto é, se as coisas não mudarem... Estou gostando de dois garotos, um é fútil demais, está mais preocupado com a minha beleza do que com o meu conteúdo, já o outro, se interessou pela minha inteligência, mas mora longe, e ainda vai se mudar pra outro país ano que vem. Eu não tenho chances. Elas surgem e vão embora rápido demais. E no fundo, eu ainda amo uma única pessoa, mas parece que vou me foder de novo... apenas isso. Que os deuses do amor estejam a me proteger.

Nenhum comentário:

Postar um comentário